linhahorizonte

Dra. Raquel Zorzi

neuroendospia

A neuroendoscopia permite ao nerurocirurgião explorar e cuidar de áreas cerebrais antes tão intocáveis ou de difícil acesso. Através de um corte de cerca de 2cm na cabeça, podemos inserir uma câmera no cérebro e navegar pelos ventrículos cerebrais tratando a hidrocefalia, hemorragias, cistos, tumores... Certamente é uma ferramenta que vem se desenvolvendo cada dia mais para neurocirurgia do novo século.

Dra Raquel Zorzi

NEUROENDOSCOPIA



A neuroendoscopia é o nome que damos a um conjunto de cirurgias para tratar diversas doenças no sistema nervoso que são feitas com o auxílio de um aparelho que chamamos de neuroendoscópio. Existem vários tipos, marcas e modelos de neuroendoscópios, cada um mais apropriado para uma determinada cirurgia.

O neuroendoscópio é um aparelho que dispões de uma câmera de alta resolução e de uma iluminação através de uma fibra óptica. A neuroendoscopia funciona mais ou menos como uma endoscopia em qualquer outra parte do corpo, como uma endoscopia digestiva ou uma colonoscopia. Nestes procedimentos o médico insere o aparelho dentro de uma cavidade de um órgão, que no caso da neuroendoscopia é o cérebro, e consegue enxergar e realizar tarefas enquanto assiste o que está fazendo em uma TV que projeta as imagens da câmera do aparelho.

Isso significa na prática para nós neurocirurgiões, fazer pequenos cortes e enxergar com precisão e trabalhar com segurança até mesmo em áreas bem profundas do cérebro. Atualmente existem vários tipos de cirurgias endoscópicas na neurocirurgia:

1. Neuroendoscopias cerebrais – são divididas entre as neuroendoscopias ventriculares, onde o cirurgião trabalha dentro de uma cavidade cheia de líquido no cérebro chamada ventrículo cerebral, e as cirurgias endoscópicas da base do crânio. Nesta última geralmente o acesso com um outro tipo de endoscópio é feito pelo nariz do paciente, para atingir regiões da base do crânio e tratar tumores e cistos destas regiões basicamente.

2. Neuroendoscopias da coluna – são cirurgias onde um tipo de endoscópio específico para a coluna é inserido na coluna para remover hérnias de disco principalmente. Outras aplicações ainda estão em fase de desenvolvimento.

Cada vez mais assistimos ao desenvolvimento desta tecnologia. Os neuroendoscópios estão cada vez com imagens melhores, mais leves e mais ergonômicos para o neurocirurgião. Além disso, hoje já é possível guiar o neuroendoscópio dentro do cérebro do paciente com o auxílio de um neuronavegador, que é um tipo de GPS do cérebro, permitindo ainda mais segurança e precisão ao procedimento.

Quando procurar um neurocirurgião?

Um neurocirurgião com treinamento em realização de cirurgias endoscópicas pode ser procurado sempre que houver a suspeita de doenças neurológicas que possam ser tratadas por via endoscópica, tais como: hidrocefalias, cistos cerebrais, tumores dentro ou próximos aos ventrículos cerebrais, tumores na hipófise e na base do crânio, entre outros...

Caso necessite de uma avaliação clique aqui para agendar uma consulta.

Para saber mais sobre a Dra Raquel Zorzi clique aqui.

Se você se interessou e deseja ler um pouco mais sobre neuroendoscopia clique aqui.



Logomarca-dra.raquel-zorzi

Clinica Zorzi

Campo Belo Medical Center
Av Vereador José Diniz, 3457 cj 907
Campo Belo – São Paulo - SP
Telefones: (11) 2137-4960 ou (11) 2137-4961

O conteúdo deste site é de caráter informativo e produzido e editado pela Dra Raquel Zorzi CRM 142761 - Zorzi Servicos Neurocirurgicos Eireli - Epp. Não nos responsabilizamos por decisões médicas ou de familiares baseadas no conteúdo deste site, em caso de dúvida consulte seu médico. Todos os direitos reservados. Proibido a reprodução total ou parcial - Copyright © 2017 Dra.Raquel Zorzi - Esse texto foi produzido por
linhahorizonte